shutterstock_659894737

moobie - Tamy Lin

moobie

O carsharing, prática comum nos mercados internacionais, como os EUA, Europa e a China, está ganhando espaço no Brasil. Um estudo da consultoria PwC prevê que, até 2030, um em cada três quilômetros de tráfego no mundo serão rodados em veículos compartilhados. E desde junho o modelo também está à disposição dos curitibanos, com a MoObie.

 A plataforma conecta proprietários dispostos a disponibilizar seus veículos, os “moobers” ou parceiros, interessados em ganhar uma renda extra, com quem precisa locar um temporariamente. Tudo via aplicativo. Inicialmente a empresa aplicou o modelo para Região Metropolitana de São Paulo. “Curitiba foi a segunda capital para a qual abrimos, após São Paulo. Foi uma decisão estratégica da nossa parte, afinal, é uma cidade que é referência em mobilidade urbana”, explica a CEO e fundadora da MoObie, Tamy Lin.

 Atualmente são mais de sete mil carros cadastrados na plataforma da MoObie em todo o país, número que vem subindo. “Depois de expandirmos para Curitiba, abrimos nosso produto para outras oito capitais. Em 2019, temos a meta de atingir todo território nacional”, afirma Lin.

 O valor da locação é cobrado por uso diário. O carro alugado deve ser entregue com tanque cheio e devolvido também com o tanque cheio. O valor por dia cobrado em uma reserva inclui o valor da diária (definido pelo dono do carro), somado à taxa de seguro, a partir de R$ 20,00, mais R$10 da taxa operacional MoObie.

 De acordo com a CEO, a plataforma conta com equipe de tratativas para lidar com eventuais multas. No momento da troca de chaves, o usuário se responsabiliza por multas ou possíveis avarias no período de locação. “Os pontos e o valor da multa são redirecionados para o usuário que estava com o carro no momento da infração, isentando assim o proprietário do carro”, esclarece.

 Em relação à Súmula STF 492, um dos problemas enfrentados pelas locadoras convencionais, Lin explica que durante as locações os carros têm um seguro compreensivo da MoObie. “Atualmente a empresa conta com as duas maiores seguradoras do Brasil em sua plataforma. É o seguro mais completo para o carro e cobre colisões parciais, colisões totais, furto, roubo, incêndio, alagamentos e quaisquer danos de origem da natureza”, relata.

Compartilhe