00a

00a

Os anúncios de aluguel de veículos em redes sociais digitais, como o Facebook tornaram-se frequentes. A plataforma já agrega mais de 20 mil motoristas. As postagens são diárias e evidenciam um fenômeno de novas dimensões de mercado. Com isso, modalidades de negócios foram criadas especificamente para esse segmento. Pequenas empresas e pessoas físicas disputam a concorrência com as grandes locadoras como a Localiza, Movida e Unidas, que, percebendo as estratégias na mídia social também firmaram parcerias com empresas de aplicativos.

Para o empresário Tércio Gritsch, da Transportes Gritsch, esse já pode ser considerado um novo nicho. “As maiores locadoras do país já têm dedicado de 5% a 10% de sua frota para esse tipo de modalidade. Inclusive, em alguns escritórios do UBER, já existem balcões dessas locadoras oferecendo o aluguel de veículos”, comenta.

Gritsch conta que, no Paraná, a estratégia já faz parte do dia a dia. “Grande parte das locadoras que faz terceirização e também trabalha no rent a car está alugando veículos para motoristas de Uber e empresas similares”, completa.

No entanto, ele alerta que os cuidados das locadoras devem ser os mesmos em ambas as modalidades de negócio. “Normalmente são exigidos cartão de crédito, comprovante de residência, maioridade de 21 anos, entre outros documentos necessários”, finaliza.

Compartilhe