2018 começou bem melhor do que 2017 terminou. São inúmeras reportagens mostrando que as pessoas e empresas estão mais animadas e esperançosas neste começo de ano. Talvez porque nossa base de comparação fosse muito baixa, mas a sensação é de que o mercado está esquecendo a política e focando no que interessa: na economia. Apesar de a nota de rating do país ter sido rebaixada por duas agências de classificação de risco por conta da dificuldade do governo em aprovar a reforma da previdência e colocar em marcha um programa de privatização que poderia render alguns bons bilhões para os cofres, a bolsa de valores continua a bater recordes com boa valorização, e a taxa de juros caiu ao menor nível histórico. A queda nos juros força os bancos a olhar novamente o público como cliente, saindo da cômoda posição de emprestar somente para o governo, ajuda nas compras a prazo e faz girar a travada roda da economia. A verdade é que o mundo passa por uma boa fase, com inflação controlada, farta disponibilidade de capital, e tensões geopolíticas relativamente controladas. As eleições que se aproximam certamente deixarão ainda os ânimos acirrados e possivelmente enfrentaremos algumas tensões econômicas internas dependendo do perfil dos candidatos que se apresentarem como favoritos nos próximos meses, mas aparentemente nada que possa frear o otimismo no curto prazo.

No mercado de locação de veículos as coisas também estão aceleradas. Neste boletim falamos da consolidação do setor que se intensificou ao fim de 2017, com a aquisição da Unidas pela Locamérica, um movimento esperado no setor já que a Unidas há algum tempo dava sinais que era uma noiva a espera de um candidato, mas que não deixou de surpreender pela rapidez que aconteceu.

Pelo nosso lado, o Sindiloc-PR comemora a aprovação de uma lei que permite ao Detran-PR reduzir as taxas cobradas das locadoras para registro e licenciamento dos veículos no estado. Essa bandeira foi defendida por nós como forma de estancar a saída da frota das grandes locadoras do estado em direção a Minas Gerais, como se pode observar todos os dias pelas ruas no enorme número de veículos com placas daquele estado.

Boa leitura!

 

Michel Lima

Presidente do Sindicato das Empresas Locadoras de Veículos Automotores, Equipamentos e Bens Móveis do Estado do Paraná – Sindiloc PR