Depois de tempos desafiadores para a sociedade, para a economia, para o setor de locação, vemos que a vida e os negócios, enfim, estão não só sendo retomados, como superando o período pré-pandemia. O Anuário Brasileiro do Setor de Locação de Veículos, divulgado pela Abla – Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis em março, em seu primeiro evento presencial desde que a crise sanitária se abateu sobre nós, mostra que o setor cresceu 33,5% no ano passado e chegou ao recorde de R$ 23,5 bilhões de faturamento.

O salto é grande na comparação com 2020, quando vivenciámos o auge da pandemia, e o faturamento bruto das locadoras de veículos foi de R$ 17,6 bilhões. Mas a melhor comparação é relembrar os 21,8 bilhões de 2019 e constatarmos que 2021 superou em 7,8% aquele período. E olhem que aquele havia sido um ano espetacular.

Além do faturamento, a expansão também aconteceu em relação à frota das locadoras. Apesar do cenário desfavorável à produção automotiva, o setor terminou 2021 com 1.136.517 veículos na frota, isto é, 12,8% a mais do que em 2020, quando contabilizou 1.007.221 unidades. Mais uma vez vou voltar a 2019, para evidenciar a recuperação de nosso setor: naquele ano havia 997.416 automóveis e comerciais leves licenciados pelas empresas de locação.

Outro indicador positivo é o número de locadoras, que atingiu 13.903 em 2021, com elevação de 25,7% na comparação com 2020 (quando o número de companhias era de 11.053) e cresceu 28,6% ante 2019 (com 10.812 empresas).

Para completar, o número de usuários no ano passado foi de 50,1 milhões, um salto de 12,3% sobre 2020 (44,6 milhões) e também ficou acima de 2019, quando foram registrados 49,6 milhões de clientes.

No Paraná, nosso setor praticamente dobrou em relação ao que era antes da pandemia: findamos 2021 com 762 locadoras constituídas, ante as 563 companhias de 2020 e as 414 de 2019.

São dados extremamente positivos. Mais do que estatísticas, demonstram a força da atividade empresarial e a obstinação de todos vocês, meus amigos do setor de locação, que bravamente se mantiveram firmes nestes tempos difíceis e agora dão a volta por cima.

As demais notícias neste boletim completam a série de boas-novas para nosso segmento. A todos, uma excelente leitura e bons negócios!

Claudio Rigolino

Presidente do Sindicato das Empresas Locadoras de Veículos Automotores, Equipamentos e Bens Móveis do Estado do Paraná – Sindiloc PR